Suplementos, as novas regras.

Suplementos, as novas regras.

Produtos como proteína do soro do leite, ômega 3 e vitaminas,
vagavam por um limbo entre a legislação que regulamenta os alimentos
e outra que regula os medicamentos. A legislação brasileira não
possuía até então uma normatização clara e específica para os
produtos  denominados suplementos.

Nesta última terça-feira 17 de julho de 2018 Agência Nacional de
Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a regulamentação de
suplementos alimentares.

De acordo com as normas os novos produtos deverão levar em seus
rótulos e embalagens a denominação "Suplemento", enquanto os já
existentes terão 5 anos para adequar-se.

Os fabricantes terão ainda que comprovar a eficácia e segurança das
substâncias dos suplementos alimentares, depois de várias denúncias
na mídia.

As novas regras facilitarão a emissão de registro desta linha de
produtos.